Últimas notícias

  • Início > Notícias > GAMT consolida transferência de metodologia do Jovens Urbanos
  • GAMT consolida transferência de metodologia do Jovens Urbanos
    7 de julho de 2015



    PJU

    Depois de duas edições atuando na formação de educadores e no acompanhamento e gerenciamento das ações em Caçapava (SP), o Programa Jovens Urbanos tem, em 2015, um novo desafio: consolidar a transferência de sua metodologia para o Grupo de Assessoria de Mobilização de Talentos (Gamt). O Grupo, que até então era responsável apenas por realizar as ações diretamente com os jovens, passa a desenvolver ações de formação, gerenciamento e multiplicação do conceito e da prática do Jovens Urbanos para outras organizações que trabalham com jovens.

    A mudança faz parte de um processo que teve início em 2013 e busca disseminar o conceito e a metodologia do Programa a fim de contribuir para o fortalecimento de ações e políticas públicas de educação integral voltadas para a juventude.

    “Essa foi a primeira experiência de consolidação de transferência de tecnologia do programa. Durante todo esse processo, houve a necessidade de rever alguns aspectos de trabalho e concepções de juventude da instituição, e hoje o Gamt está preparado para avançar na gestão de um projeto com base na metodologia do Jovens Urbanos e ampliar suas ações para outros territórios”, explica Ivy Moreira, do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e integrante do núcleo de gestão do Jovens Urbanos.

    De acordo com Fredy Matos, coordenador de projetos do Gamt, passar a atuar não só com os jovens, mas também na disseminação da tecnologia do Jovens Urbanos é um desafio. “Ao mesmo tempo que temos a responsabilidade de transmitir todo o repertório do Programa para outros educadores e instituições, isso também mostra que estamos no caminho certo para contribuir para o fortalecimento do protagonismo e a consolidação de políticas públicas para a juventude”, explica.

    Jovens de Santa Luzia

    Além de multiplicar as ações e a metodologia do Jovens Urbanos, o Gamt também ampliou sua área de atuação: até o ano passado, as atividades eram realizadas em sua sede e, a partir de março deste ano, passaram a ser desenvolvidas no bairro de Santa Luzia.

    Ao todo, 23 jovens participam da iniciativa. “As ações começaram em março e já temos resultados interessantes. Como os moradores do bairro estão superarticulados e preocupados com a questão ambiental, com a Agenda 21, conversamos com os jovens sobre essa temática e levantamos com eles pontos a serem discutidos durante as reuniões com a Associação dos Moradores do bairro. Dessa forma, os jovens têm participado cada vez mais desses espaços na comunidade, defendendo a perspectiva da juventude”, explica.

    Trajetória

    A participação do Gamt nas ações do Jovens Urbanos teve início em 2013, quando a organização procurou a Fundação Itaú Social para realizar um trabalho conjunto. “Com 40 anos realizando ações para promover o acesso do jovem ao mercado de trabalho, percebemos que era preciso fortalecer também outras questões do repertório do jovem para que sua formação fosse ampliada”, relata Matos.

    Nessa época, o Jovens Urbanos tinha acabado de lançar a sistematização de sua metodologia. “Os representantes da organização foram ao evento de lançamento e mostraram interesse em executar o Programa em Caçapava. Então houve um processo rico de construção das ações com base na realidade do Vale do Paraíba”, diz Ivy.

    Nos primeiros anos, o foco de atuação do Programa foi a adaptação da iniciativa para a realidade local e a formação dos educadores e gestores. Ao final de 2014, com base nas atividades com os jovens, o Gamt desenvolveu a sistematização dessa experiência.

    “Vimos que, a partir do segundo ano, os jovens já procuravam participar do Programa não só por causa de questões de trabalho, mas também para ampliar o seu repertório. As empresas que contrataram alguns dos jovens também relataram que eles já vinham com uma participação mais protagonista em suas ações”, relata Matos.

    Rua Nações Unidas, 250 - Vila São João Caçapava/SP

    (12) 3652 8015

    Desenvolvido por Loud Design